Axel Witsel gostaria de levar Eden Hazard para o Borussia Dortmund. O médio belga sabe que é improvável, mas garante ter argumentos para convencer o compatriota a deixar o Chelsea e rumar à Alemanha.

Em entrevista ao "Sport Bild", Witsel aponta o estádio, a equipa, a qualidade e a paixão dos adeptos como "armas" para convencer Hazard a mudar-se para Dortmund. "Por um lado, ele é um pouco demasiado caro para nós. Por outro lado, provavelmente, tem outros planos. Mas se ele decidir rumar à Bundesliga, eu teria argumentos suficientes para o convencer a assinar pelo Dortmund", assegura o ex-Benfica.

Witsel chegou a estar perto do Bayern Munique, em 2017. No entanto, o seu treinador nos chineses do Tianjin Quanjian, Fabio Cannavaro, não quis deixar ir. Um ano depois, juntou-se ao Dortmund

"Na altura, senti que o Dortmund era a escolha certa. Sabia desde o início que tinha a qualidade para me afirmar aqui e para ajudar. Ainda assim, o Dortmund era um desafio para mim, que eu queria muito aceitar", frisa.

A escolha está a revelar-se acertada, uma vez que, esta época, o Dortmund está a ser superior ao Bayern: está no primeiro lugar da Liga alemã, com nove pontos de vantagem sobre os bávaros. Apesar disso, Witsel mantém a cautela e resguarda-se na filosofia do "jogo a jogo":

"Estamos a fazer tudo o que podemos para manter o bom momento. Mesmo que soe forçado, não nos ajudará se declararmos a conquista do título como objetivo. A temporada é tão longa. Só pensamos jogo a jogo."

 

Newsletters

Subscreva gratuitamente as newsletter e receba o melhor da actualidade desportiva e as nossas promoções.